Viseu desafia artistas de rua

A arte urbana tem vindo a assumir, cada vez mais, um papel de destaque como forma de pensar as cidades modernas, conferindo-lhes cor, luz e novas vidas a edifícios cinzentos e cabisbaixos.

Para muitos pode ser vista como vandalismo, mas, afinal, quando falamos em arte urbana, não falamos em Graffiti de tags, falamos de autenticas peças de arte, sejam pintura ou escultura ou apenas simples instalações, entre muitas outras formas que procuram o seu lugar no espaço público.

A arte urbana tem uma forte componente critica e procura que quem a observa seja forçado a pensar.

Viseu percebeu o impacto e a importância que a arte urbana tem na cultura e na expressão artística de uma cidade, e tem feito desta modalidade um dos seus cartões de visita, destacando-se no panorama nacional no que diz respeito a esta forma de ver e pensar a arte, a par de outras cidades como a Covilhã ou o Fundão.

Quem passeia pelas ruas de Viseu pode apreciar este movimento e constatar o efeito estético que têm na urbe. Consciente dessa importância, a Viseu Marca e o Município de Viseu desafia os artistas de Viseu a integrarem o 2º Festival de Street Art que decorrerá, na cidade, de 19 a 22 de maio.

O Festival de Street Art será o evento-âncora dos “Tons da Primavera” e até dia 2 de maio os artistas de Viseu podem enviar a sua candidatura para integrarem o leque de criativos que vão participar no Festival e que conta com artistas nacionais e internacionais.

akacorleone

Trabalho realizado na edição do ano passado do artista AKACORLEONE

 

A tela serão as paredes exteriores do Pavilhão Cidade de Viseu (antigo Inatel) e os concorrentes deverão apresentar uma maqueta inspirada em marcas que compõem a identidade da cidade, tendo de escolher pelo menos uma de entre as seguintes: “Cidade Vinhateira”, “Cidade Jardim” e/ou “Cidade de Grão Vasco”, no ano em que o Museu nacional Grão Vasco assinala o seu centenário.

Este iniciativa pretende integrar os talentos locais e a sua formação com os artistas nacionais e internacionais consagrados ou muito experientes.

Os interessados deverão enviar a maqueta do trabalho para streetart@viseumarca.pt, através do envio de imagens ou apresentação em PDF até ao máximo de 3MB, e deverão incluir além da maqueta, uma sinopse dos projetos (max. 500 caracteres) e a indicação dos materiais necessários ao desenvolvimento do trabalho.

O Júri é composto pelo gestor da Marca Viseu e pelos artistas Akacorleone e Kruella D’Enfer. A seleção final será anunciada a 6 de maio e as obras deverão ser feitas entre 19 e 22 de maio, excepto aquelas que exijam mais tempo de execução.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *