Conheça o CEI – Centro das Empresas Inovadoras

Nos tempos que correm a busca pela diferenciação é constante e há municípios que apostam no apoio a empresas e negócios que se distingam pela inovação e conceitos diferenciadores, fornecendo-lhes as condições necessárias para que se desenvolvam.

É o caso do CEI – Centro de Empresas Inovadoras sediado em Castelo Branco.

O CEI (Centro de Empresas Inovadoras) tem como missão apoiar empreendedores e empresas no processo de desenvolvimento efetivo das suas ideias de negocio, transformando-as em realidades empresariais sustentáveis.

Com base nestas premissas o CEI pretende que este seja um fator catalisador do desenvolvimento da região e da comunidade empreendedora através da disponibilização de espaços e serviços qualificados a empresas, do apoio aos empreendedores, à transferência de tecnologia e ao fomento da cooperação entre empresas, instituições de Investigação e desenvolvimento e demais atores relevantes.

ceisoletras

Este centro tem capacidade para 35 empresas e está dotado de todas as infraestruturas necessárias para o funcionamento de um negócio. Conta com seis oficinas, um auditório de 130 lugares e diversas salas de trabalho, assim como uma secretaria, uma reprografia, um laboratório de prototipagem e uma biblioteca com mais de 200 livros técnicos de referência.

O CEI encontra-se disponível para qualquer sector de atividade, deixando as portas abertas para qualquer empreendedor dando, no entanto, prioridade a empresas de base tecnológica e de serviços avançados, preferencialmente no agroalimentar, biotecnologia, tecnologias de informação, comunicação e da climatização.

ceiinstalaçoes

Neste momento o CEI conta com 21 empresas e apresentou, recentemente, uma nova ferramenta com vista a permitir que qualquer empreendedor ou inovador possa desenvolver o seu modelo e plano de negócio, trata-se de uma plataforma “online”, o Rocketplan, totalmente gratuita, onde qualquer pessoa pode, a partir de uma ideia, desenvolver o seu plano de negócio sem que seja necessário recorrer a outros meios.

Este é um bom exemplo de como se pode promover o desenvolvimento de novas ideias e negócios que podem ajudar a impulsionar a economia de uma região.

 

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *