Há Blues em Castelo Rodrigo

Já por cá falámos da Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo, no concelho de Figueira de Castelo Rodrigo.

Falámos da magia das suas ruas e do património deslumbrante que possui. No entanto, a Aldeia Dourada das Beiras é mais do que património cultural e paisagem, sendo várias as iniciativas que aqui têm lugar, caso do Marofa Folk & Blues Fest.

De modo a promover o concelho e as suas belezas e cultura e de maneira a colocar Castelo Rodrigo noutra rota, desta vez a dos Festivais, o município decidiu promover aquele a que chama 1º Marofa Folk & Blues Fest 2015 – 1º Festival Internacional de Folk e Blues de Figueira de Castelo Rodrigo.

O palco deste Festival será o Palácio Cristóvão de Moura e promete atrair um vasto número de apreciadores deste género musical que, em Castelo Rodrigo, terão a oportunidade de aliar a música Folk e Blues à beleza deste espaço magnifico que já serviu muitas vezes de palco para eventos de moda, por exemplo.

Outro dos objetivos passa por atrair os nossos vizinhos espanhóis, e os de cá pois claro, dando a oportunidade de aliar a uma forte componente turística e gastronómica uma música que, por si só, tem o poder de envolver as pessoas.

O Folk é música do mundo sem autor conhecido que existe desde os tempos antigos e que é revisitada por novas vozes, que transmitem culturas e histórias. Trata-se de um género musical ritmado e que apela à dança.

Os Blues, mãe do Jazz e pai do rock, é um género musical que se caracteriza pelo uso de notas tocadas ou cantadas numa frequência baixa, com fins expressivos, usando sempre uma estrutura repetitiva. Nasceu nos Estados unidos a partir de cantos religiosos e espirituais e definiu o aparecimento de muitos outros géneros musicais.

Nos dias 31 de julho e 1 de agosto, Castelo Rodrigo vai encher-se destes sons inebriantes, sendo os portistas do Bando do Rei Pescador os responsáveis por abrir este Festival, estando a segunda parte da noite a cargo de André Indiana que irá apresentar o seu projeto de Blues – Indiana Blues Band. A noite de 1 de agosto começa com Flávio Martins e o seu mais recente projeto, Senhor Vadio. A segunda parte da noite de 1 de agosto estará a cargo de uma das mais importantes bandas de blues acústico da península ibérica, Miki Nervio & The Blues Makers.

andre indiana1

A promessa deste Festival vai no sentido de agitar estas noites de verão, num ambiente que se deseja intimista entre músicos e público.
blues cartaz

O bilhete custa 2 euros.

 

 

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *