Marialva, a Alva das Beiras  

Envolve-te como um presente este branco nevoeiro, abraçando-te nesta fresca manhã.

Anseias pelo sol que te aquecerá as pedras e te encherá de luz. Pelas tuas ruas caminham em passos modestos, corpos que o tempo envelhece, cheios de uma alma de criança, por vezes cansados das lides da serrania, por vezes felizes porque a vida existe e porque o sol nasceu após a noite escura. A teus pés os campos com oliveiras de onde brota esse ouro liquido que nos enche de sabor as delicias que, com as mãos desta terra, são criadas para deleite de quem te visita Marialva.

dfc74bd0b2afeae74565a2d3609c9faa

O sol desponta, por entre o rendilhado das tuas pedras e a luz assume o seu poder, e tu, qual Maria destas Beiras, enches-te de uma luz alva que ilumina a terra como se fosses um farol.

És Marialva e és misteriosa como uma ninfa.

Quem visita esta aldeia entra num mundo onde o tempo parece quedo, onde o mundo não entra e onde podemos respirar. É avassalador passear pelas tuas ruínas cheias de histórias para contar. Fecho os olhos e consigo ouvir as pessoas de outrora a correrem pelas ruas, os pregões, os gritos de vida que te preencheram e faziam de ti uma das mais importantes vilas da região, tão antiga que ainda anão foi datado o teu nascimento.

5a385bf836534cda174c284d24d02e3d

No alto o teu castelo ergue-se imponente, sentinela do vale, protetor das suas gentes, aos seus pés as muralhas ovaladas abraçam a cidadela, e aqui o teu povo sentia-se seguro. Tens igrejas, capelas, cantos e recantos que encantam quem te visita. Mas tens mais, muito mais.

2755f9255310ff41b5d107efd84c4b78

Marialva tem alojamento de qualidade, gastronomia de perder a noção do tempo e paisagens de arrancar o fôlego, e se outrora foi um dos principais pontos de estratégia de defesa da nação, hoje integra o grupo de Aldeias que faz parte do núcleo das Aldeias Históricas.

Marialva, no concelho de Mêda, deve ser visitada, apreciada, cheirada e vivida, seja em que época for.

No Inverno o frio envolve as suas terras e oferece-nos o aconchego de uma casa quente e uma bebida reconfortante, mesmo o ar gélido nos desperta a alma e os sentidos. Na Primavera o bailar das cores no vale são uma tela pintada pelas mãos da natureza. No verão as noites quentes convidam a longas conversas numa varanda. E no Outono o vale enche-se de bronze e pinceladas de castanho, ocre e vermelho.

22088cd6efb4ed0b2c00a25cd39aa865

Marialva quer gente e merece ser visitada, seja pelo seu castelo, pela sua muralha, pelas casas pintadas de branco ou pelas paisagens que se estendem até onde o olhar já não alcança. Visite. Viva. Vale a pena!

Fotografia: Aldeias Históricas de Portugal

Continue a viagem:

https://heartbeat.pt/linhares-beira/

 

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *