Qual o seu trail para este ano?

Cansados. Doridos. Mas não podemos desistir. As pernas sentem cada impacto dos pés já dormentes no chão. Mas já falta pouco. Eu vou conseguir.

Há corrida e depois há os trails e os ultra trails e ainda os (insanos) trail ultra endurance.

E há quem os encare como um vício, uma droga de adrenalina que os invade, e mesmo que jurem a pés juntos que não voltam a outra competição, assim que vêm as datas de outra prova, calçam as sapatilhas e vão treinar, porque “é desta que consigo passar o meu record”!

Os amantes deste tipo de desporto que nos leva ao limite já podem começar a preparar os treinos para as competições do ano que vem, algumas das mais difíceis a nível nacional passam-se na região do interior.

A contar para o nacional de “Trail”, na região, os desportistas podem marcar na agenda a data de 16 de julho para participarem no Trail das Poldras em Vouzela, numa prova de 36km.

Para aqueles que querem participar no nacional de Trail Ultra, podem preparar-se para as provas que vão decorrer na região já a 30 de janeiro com o Ultra Trilhos dos Abrutres, uma prova com cerca de 50km , em Miranda do Corvo.

A 2 de abril tem lugar o Inatel Piodão Trail Running em Piodão, uma prova com 50km.

Depois há aquelas provas que põem à prova os limites dos mais resistentes, o Nacional de Trail Ultra Endurance, com destaque para as provas da região, como a Estrela Grande Trail de Manteigas, uma prova com 90km que decorre a 20 de maio.

O titulo de campeão nacional de Trail Ultra Endurance de 2016 será atribuído no Ultra Trail Aldeias do Xisto, uma prova com 112 km, que decorre a 15 de outubro na Lousã.

O Trail Running é uma corrida pedestre em Natureza, com o mínimo de percurso pavimentado, em vários ambientes como a serra, montanha, alta montanha, planície, etc e terrenos como trilhos, estradão, caminhos florestas, em semi ou autossuficiência, a realizar de dia ou durante a noite, em percurso devidamente balizado e marcado e em respeito pela ética desportiva, lealdade, solidariedade e pelo meio ambiente.

Atreva-se!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *