Um brinde aos campeões do Vinho do Dão

Nem só de queijo e morcelas vive a gastronomia da região. Cada vez mais somos reconhecidos pela qualidade superior dos vinhos que por cá se produzem. Na região do Dão têm surgido alguns vinhos que arrematam prémios um pouco por todo o mundo, atestando a qualidade dos esforços que se têm vindo a fazer na região, com resultado em vinhos de elevada qualidade.

Os Vinhos do Dão demonstram ser capazes de rivalizar, não só com os vinhos nacionais de maior relevo no estrangeiro, como com os vinhos que se fazem além-fronteiras. Ajudam a elevar Portugal, ainda mais, na categoria de bom fazedor de vinho.

A última prova dada da qualidade dos vinhos da região demarcada do Dão aconteceu em França, no Concurso Internacional de Lyon, uma competição que pretende ser uma montra para os melhores vinhos mundiais. Este ano a região voltou a trazer medalhas para casa com o Vinhos Casa da Ínsua colheira de 2011 e o Reserva de 2010, juntamente com o vinho Quinta de Lemos 2005 a arrecadarem as medalhas de prata na competição.

Os vinhos portugueses voltaram a dar provas de elevada qualidade ao serem contemplados com 21 troféus, 14 medalhas de prata e 7 de ouro, numa competição que tinha cerca de 3600 vinhos em prova provenientes de 22 países.

A Região demarcada do Dão é privilegiada por condições climatéricas únicas que permitem que a exploração vitivinícola seja de elevada qualidade com vários produtores a apostarem na inovação para elevar o estatuto dos seus vinhos ao mais elevado escalão. Autarquias como a de Nelas apostam no apoio a esta atividade e assumem o Vinho do Dão como uma imagem de marca a ser explorada, exemplo disso é a Feira do Vinho do Dão, que decorre no primeiro fim-de-semana de setembro em Nelas, e o Rally Vinho do Dão que este ano volta às estradas a 24 e 25 de outubro.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *