5 locais de visita obrigatória em Viseu

Viseu. Cidade de Viriato. Várias vezes eleita como a melhor cidade para se viver. E não é para menos.

Viseu reúne as virtudes de um centro cosmopolita, onde podemos encontrar tudo aquilo que a vida moderna exige, como centros comerciais, Museus, Teatro ou centros desportivos, às grandes vantagens de uma cidade no interior de Portugal, como a tranquilidade, segurança e ar puro, para não falar das belezas naturais que a sua proximidade com a Serra da Estrela proporcionam.

A centralidade de Viseu torna-a uma cidade apetecível, não apenas para viver, mas também para visitar, e sabemos que, além de tudo o que já vos disse, Viseu conta ainda com a tão afamada hospitalidade beirã característica das pessoas de cá, não que as restantes regiões do país não saibam receber, mas Viseu tem um jeito diferente de acolher.

Quem visita a cidade não pode deixar de apreciar a gastronomia e as paisagens, mas hoje, e porque não me quero alongar, vou sugerir 5 locais imperdíveis!

cidadeviseu

 

Centro Histórico

Um passeio pelo passado 

praça-d-duarte

Se visitar Viseu passeie nas suas ruas do Centro Histórico, este é o coração da cidade. O Adro da Sé é considerado uma das mais belas praças deste país, com quatro majestosas edificações a apreciar: a Varanda dos Cónegos e Torre de Menagem, a Sé Catedral, O Museu Grão vasco e a Igreja da Misericórdia.

No Rossio deslumbre-se com a ampla praça, um ponto de encontro sombreado de tílias. Aqui encontra os Paços do Concelho, a Igreja dos Terceiros de estilo Barroco, o Painel de Azulejos ao longo do Jardim das Mães e ao cimo a Casa Museu Almeida Moreira.

Viseu possui um dos mais belos conjuntos de casas, portais e janelas de estilos Gótico-Manuelino que poderá apreciar um pouco por todo o centro histórico. A janela geminada Manuelina mais bonita da cidade pode ser vista na Praça D. Duarte, onde está a estátua do Rei de Portugal.

 

A Sé Catedral

Pela fé e pela arte 

se-de-viseu

Fiel sentinela desta cidade. No alto da sua imponência é o farol desta cidade. É impossível ficar indiferente à sua presença, abraça todos e dá as boas vindas a quem visita Viseu.

Ancestral de seu nascimento, veio para ficar e o seu lugar jamais será conquistado por qualquer outro monumento.

Quando entramos não ficamos indiferentes à sua dimensão, assoberbados pela beleza requintada da sua construção. Somos pequenos aqui. Somos grandes na sua alma. Aqui contamos a passagem do tempo pelos seus estilos.

Quem visita a Sé Catedral não faz apenas uma viagem pela fé, embarcando numa viagem pela própria história da arquitetura religiosa portuguesa. Vale a pena visitar, seja pelo seu carácter religioso, seja pela peça de arte que a mesma é. Seja como for, em ambos os casos, visitar a Sé de Viseu é encetar uma caminhada pela alma.

 

Museu Nacional Grão Vasco

A Cultura tem lugar

grao-vasco

Este é um local de visita obrigatória, não apenas pela coleção de pintura quinhentista do autor Vasco Fernandes, mas também pela pintura portuguesa dos séculos XIX e XX.

O Museu está instalado no antigo paço Episcopal e foi totalmente renovado pelo arquiteto Souto Moura.

No Museu Nacional Grão Vasco pode ainda ficar a conhecer exemplares de faiança portuguesa, porcelana oriental e mobiliário, assim como um conjunto de objetos e suportes figurativos originalmente destinados a práticas litúrgicas.

 

Cava de Viriato

O Mistério de Viseu

cava-viriato1

Monumento Nacional desde 1910, a Cava de Viriato é um dos maiores mistérios da região. Não se sabendo ao certo a sua construção, esta fortaleza de planta octogonal de 38 hectares é rodeado por muros e protegida por taludes.

A Cava é cercada por um fosso de água onde nos surpreende o sofisticado sistema de engenharia hidráulica que ligava o seu interior ao rio Paiva e à ribeira de Santiago. Esta é uma configuração única na Península Ibérica e sabe-se que, apesar de Viriato lhe dar o nome, não terá qualquer relação com o guerreiro lusitano, apesar da famosa estátua lá erigida, havendo teorias que defendem que terá sido construída por muçulmanos.

Em 2001 a área foi requalificada e conta com uma passadeira ao longo de toda a estrutura dos taludes permitindo que os visitantes possam apreciar este monumento.

Apesar das teorias em torno da Cava a sua fundação ainda não foi determinada com certeza, daí o mistério em torno do monumento. A sua importância para Viseu é imensa, sendo que os símbolos adotados pelo Município para a sua Identidade Visual são inspirados no formato da Cava de Viriato. Visite-o e imagine, você mesmo, o que terá acontecido aqui!

 

Parque do Fontelo

O Pulmão de Viseu

fontelo_3_bp_blogspot

Este é o pulmão de Viseu. Um dos locais favoritos para retemperar energias, o Parque Florestal do Fontelo é um local secular, apreciado desde há muito pelas pessoas de Viseu para os seus passeios pela natureza. É um sitio magnifico para passear com a família, rico em espécies vegetais e árvores de onde se destacam os castanheiros e os carvalhos.

Outrora considerado uma das mais luxuosas e exóticas quintas de recreio em Portugal, hoje encontramos neste espaço várias valências como campos de futebol, basquete e ténis, piscinas, um Skate Park, um pavilhão multiusos e um parque infantil.

 

Viseu é uma cidade maravilhosa para se viver, em constante evolução, com uma qualidade de vida invejável. vale a pena ser visitada e apreciada. Estas são apenas algumas sugestões daquilo que pode ficar a conhecer em Viseu, para outro dia ficam as sugestões gastronómicas!

 

Fotografia: cidadeviseu.com, visitecentroportugal.com.pt, bp.blogspot.com

Descubra Viseu:

https://heartbeat.pt/8-maravilhas-viseu/

https://heartbeat.pt/top-viseu/

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *