A Mesa do Diogo Rocha

Por entre tachos e panelas, vapores, aromas e sabores encontramos um homem que vive para a comida, a boa comida.

No meio do vinhedo em Silgueiros, ali para os lados de Viseu, encontramos um espaço único, pensado, desenhado e construído para a excelência, seja nos seus vinhos seja nos seus serviços, e excelência é algo que tem atingido, graças ao esforço e conhecimentos das pessoas que lá trabalham. Falo da Quinta de Lemos, dos seus vinhos e do seu Restaurante que, ao final de um ano aberto, foi considerado a revelação de 2015 pelo Boa Cama Boa Mesa. Mas não é acerca o Mesa de Lemos que vos vou falar hoje, vou falar-vos do homem que comanda a cozinha, o chef Diogo Rocha.

Diogo Rocha é português, nascido nas Beiras e tem uma grande paixão, que não esconde e que gosta de alimentar – a comida. É jovem e tem sido aclamado pela crítica, às quais reage com natural agradecimento mas não se enche de arrogâncias até porque diz que o sucesso dele é fruto do trabalho conjunto de toda uma equipa, aliás, quando fala nos seus companheiros de cozinha nota-se que o verdadeiro orgulho que lhe enche a alma está nas pessoas com quem trabalha e no projeto onde está inserido.

A Quinta de Lemos está inserida numa empresa chamada Abyss & Habidecor, cujo proprietário nutre uma paixão imensa por Portugal, pelas suas gentes e pelos seus produtos, daí que o lema seja o “100% nacional”.

A Abyss & Habidecor é reconhecida além-fronteiras pela qualidade dos seus produtos têxtil-lar, tendo enveredado pela área agrícola recentemente mantendo os mesmos padrões de exigência que tornaram a empresa no que hoje é, aliás a excelência é a palavra de ordem e isso reflete-se no produto final. A Quinta de Lemos não é exceção e os seus produtos já são reconhecidos e valorizados no país e mercado internacional. Seguindo esta lógica de excelência o Restaurante Mesa de Lemos não poderia reger-se por outros padrões e o resultado está à vista.

Quando falamos do sucesso do Restaurante Mesa de Lemos não podemos deixar de considerar que um dos grandes responsáveis pelo feito é o Chef.

Diogo Rocha não se assume como o principal feitor, vincando que este é o resultado de todo um trabalho que vem sido desenvolvido há já dois anos, um ano antes do espaço abrir as suas portas ao público, e fruto do esforço de toda uma equipa que está focada no mesmo objetivo, o de enaltecer a comida e os produtos nacionais.

Aliás é quando falamos em comida que o Diogo mais se empolga, não querendo dizer que não fique feliz ao falar deste projeto, podemos sentir nas suas palavras que é com muito carinho e empenho que o lidera, mas é quando o assunto é comida que vemos o porquê de se ter tornado cozinheiro, palavra que ele diz com orgulho, sublinhando que é essa a profissão dele, “Chef é apenas o cargo, eu sou cozinheiro”.

O cozinheiro Diogo Rocha assume-se como um aficionado pelos produtos nacionais, apesar de ser conhecedor de muitas das cozinhas deste mundo, a gastronomia nacional é a que melhor lhe enche as medidas e que mais gozo lhe dá trabalhar, e no Restaurante Mesa de Lemos ele procura valorizar isso mesmo.

diogo rocha3

Se o Restaurante Mesa de Lemos é reconhecido pela especialidade como um dos melhores espaços do país tal distinção não surgiu do acaso, é resultado de muito trabalho e de muita pesquisa em busca da personalidade do restaurante e essa é 100% Portuguesa.

Está nos produtos, alguns de produção própria, na sua rede de produtores, cuja ligação estabelecida é tão forte e pessoal que garante que o os elementos utilizados nos pratos que fazem a carta do Restaurante são de elevada qualidade e frescura. É isso mesmo que a ementa do Mesa de Lemos não é fechada, nem pode ser, porque depende daquilo que a natureza dá e que os seus produtores fornecem. Ir ao Mesa de Lemos é uma aventura na descoberta de sabores e pratos, estudados e planeados pelo Diogo com mestria e dedicação e apresentados com aquele tipo de simplicidade que só a busca constante pelo requinte consegue.

Diogo Rocha é um homem simples, apreciador da qualidade e um aficionado pelos produtos da região, procurando ajudar a desenvolver e promover alguns dos nossos produtos e introduzindo-os nos seus pratos que, como ele, primam pela simplicidade, o que não quer dizer que sejam vulgares, muito pelo contrário, e é aí que está a mestria deste Chef. “Não sou contra pratos muito elaborados, mas não é essa a minha aposta. Gosto que os pratos enalteçam os seus componentes, poucos mas de tal qualidade que o resultado final é extraordinário”. E aqui nada se esconde, até o nome dos pratos dizem automaticamente aquilo que são, como por exemplo o “Cabrito com legumes da horta” ou a “Sobremesa de citrinos”, os produtos são de época, biológicos e o mais frescos possível, porque só assim se garante a qualidade dos pratos, “é isso que nos distingue”.

O Chef, ou melhor, o cozinheiro Diogo Rocha reconhece que, ultimamente, a cozinha e cozinhar estão na moda, muito devido à promoção nas televisões através de programas de culinária ou concursos que despertaram o interesse generalizado pela gastronomia.

Reconhece com bons olhos esta revolução na culinária, “estes programas são importantes para que as pessoas passem a dar mais valor aos nossos produtos e para que vejam os cozinheiros com outros olhos”. Hoje em dia, graças ao advento dos programas do género, os cozinheiros, ou Chefs, são vistos como as novas estrelas pop, “já nos pedem autógrafos e querem tirar fotografias connosco! As pessoas vêm aos restaurantes, não apenas pela comida, mas também pelo cozinheiro!”.

O objetivo do Diogo em relação ao projeto do Restaurante Mesa de Lemos é estar no topo a nível nacional no que diz respeito à restauração, e isso será conseguido graças ao trabalho em equipa pois, como diz o cozinheiro, “a sorte dá muito trabalho e todos somos peças nesta máquina”. Almeja o sucesso dos seus projetos mas, acima de tudo, Diogo Rocha é um homem que gosta de comida e gosta de comer e eu respeito-o por isso, e parafraseando o cozinheiro “a cozinha partilha-se, gosto de dar a provar e de falar acerca de comida, em grupo”, fica prometida uma visita ao restaurante com a garantia que a conversa será acompanhada de comida deliciosa!

 

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *